Hércules Azevedo Desejo Poetizar
Vivo poetizo
Textos

Quantas voltas ainda irei dar
A imprecisão parece me encontrar.
Por turnos seguidos fui e voltei,
Ela continuava lá.
Nem as paredes impediram-me de vê-la.
Inclemente a me acompanhar.
 
Um sábio disse que que ela é assim
Vive em círculos.
Por isso, não tem fim.
Quantas voltas já dei, e ainda assim
Nada encontrei.
 
A roda e o círculo foram criados
Para não ter fim.
Giram em constante movimento.
Meu pensamento circula.
 
Não preciso de respostas!
Não peça para abrir a porta.
Pule a janela.
 
 
 
Hércules Azevedo
Enviado por Hércules Azevedo em 23/04/2021
Alterado em 23/04/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras